O que é Transtorno de Processamento Sensorial? Sentidos fora de sincronismo

De acordo com Google Transtorno de processamento sensorial (TPS) é uma condição na qual o cérebro tem dificuldade para receber e responder à informação que vem através dos sentidos* . A condição costumava ser chamada de disfunção de integração sensorial.

Você deve estar se perguntando que condição é essa que nunca ouvi dizer. Não te culpo, eu não tinha a menor idéia sobre o que havia descoberto sobre o comportamento do meu filho.

Transtorno de processamento sensorial está sendo estudada no momento por importantes universidades ao redor do mundo (http://www.spdfoundation.net/research/collaborations/).

Não é uma fase, não é moda, esta aqui para ficar. Milhões de mães e pais ao redor do planeta estão se beneficiando dos tratamentos. Eu sou uma delas. O diagnóstico é feito por Terapeuta Ocupacional, e o tratamento é estabelecido por este profissional. Você pode continuar o tratamento em casa, um pouco de conhecimento sobre sensory integration e o material correto pode influenciar demais a qualidade de vida da família toda. 

Diagnóstico

Foi comprovado que o cérebro de uma criança que tenha TPS funciona diferente de uma criança normal, ou mesmo de uma criança diagnosticada com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH).

É válido informar que foi feito um teste onde crianças diagnosticadas com TPS ficavam em um simulador de foguete, e dentro, eles mediam a resposta de medo, aflição, desconforto (fight or fly reaction). As sensações eram criadas a partir da iniciação de um dos sentidos. Neste teste foi demonstrado que o tempo de adaptação da criança que tenha TPS foi consideravelmente mais demorada do que crianças normais ou outras diagnosticadas com TDAH. Além disso a resposta de surpresa, e as vezes até a reação de fly or fight ocorreria muito mais vezes num portador de TPS do que nos outros grupos**.

O importante é que crianças com TPS não precisam tomar remédios, eles precisam de Terapia Ocupacional. Alguns casos mais severos de TDHA são tratados com remédios, e muitas crianças com TPS foram erroneamente diagnosticadas no passado com essa condição.

No Brasil não existe nenhuma política pública de tratamento para portadores de Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, informação retirada do site da Associação Brasileira de Déficit de Atenção http://www.tdah.org.br. Considere que esta é uma condição muito mais divulgada e pesquisada do que TPS.

Por isso acredito ser importante conscientizar pais, mães e educadores. 

Como identificar

Crianças com TPS se comportam de uma maneira diferente. Eles sentem o mundo de uma maneira diferente, as vezes mais intensa, as vezes menos intensa.

Crianças que sentem mais, elas choram mais, gritam, ou se esquivam um pouco mais do que a criança ao lado. Os sintomas podem vir de maneiras tão intrigantes que acabamos com um grande ponto de interrogação em nossa mente. A big puzzle. Como no caso do Marshall que comia na praia, no pomar e relutava para colocar qualquer coisa na boca dentro de casa.

São comportamentos que se demonstram sem conexão. Se a criança tem hipersensibilidade no sentido da audição você com certeza não vai querer levá-la a um jogo de futebol. Aquele menino que bate em tudo e todo mundo pode estar procurando mais input, ele sente menos, e para compensar ele tenta sentir mais, batendo

Todos nós temos processamentos sensoriais diferentes. Mas a grande maioria consegue viver seu dia-a-dia sem muitas interferências.

Uma criança portadora de TPS precisará de auxilio caso a condição atrapalhe na execução de tarefas diárias. Ex: comer, vestir, sair de carro, brincar, etc.

Está sendo comprovado que crianças com TPS que recebem o tratamento correto tem uma grande melhora de comportamento, são relatados menos tantrums, mais facilidade para se acalmar, dormir e aprender. 

O mais importante é diagnosticar o mais cedo possível. Estou fazendo uma lista de sintomas para que as mães e os pais possam se munir das informações corretas.

Por favor, peço que divulgue este texto caso você conheça alguém que possa se beneficiar com essas informações.

Hope to see you all soon! Peace and love!

*Auditivo; Visual; tato; olfato; gustativo; vestibular (noção de onde estamos em relação a terra, ex: deitados, quase caindo, etc); propriocepção  (a força que colocamos em nossos músculos para realizarmos todas as nossas tarefas no dia ex: ficar sentado, escrever sem quebrar a ponta do lápis, etc.)
**Sensational Kids: Hope and Help for Children with Sensory Processing Disorder (SPD) Paperback– 6 May 2014 by Lucy Jane Miller (Author), Doris A. Fuller (Author)

Comments

2 thoughts on “O que é Transtorno de Processamento Sensorial? Sentidos fora de sincronismo

    • Olá Luiz, qual tipo de informação gostaria de receber? Peço desculpa pela demora em responder, estou sem tempo de entrar no blog, mas vou tentar adicionar mais informações o quanto antes.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *